O VISCONDE QUE ME AMAVA, DE JULIA QUINN

by - 17:44




A temporada de bailes e festas de 1814 acaba de começar em Londres. Como de costume, as mães ambiciosas já estão ávidas por encontrar um marido adequado para suas filhas. Ao que tudo indica, o solteiro mais cobiçado do ano será
Anthony Bridgerton, um visconde charmoso, elegante e muito rico que, contrariando as probabilidades, resolve dar um basta na rotina de libertino e arranjar uma noiva.
Logo ele decide que Edwina Sheffield, a debutante mais linda da estação, é a candidata ideal. Mas, para levá-la ao altar, primeiro terá que convencer Kate, a irmã mais velha da jovem, de que merece se casar com ela.
Não será uma tarefa fácil, porque Kate não acredita que ex-libertinos possam se transformar em bons maridos e não deixará Edwina cair nas garras dele.
Enquanto faz de tudo para afastá-lo da irmã, Kate descobre que o visconde devasso é também um homem honesto e gentil. Ao mesmo tempo, Anthony começa a sonhar com ela, apesar de achá-la a criatura mais intrometida e irritante que já pisou nos salões de Londres. Aos poucos, os dois percebem que essa centelha de desejo pode ser mais do que uma simples atração.
Considerada a Jane Austen contemporânea, Julia Quinn mantém, neste segundo livro da série Os Bridgertons, o senso de humor e a capacidade de despertar emoções que lhe permitem construir personagens carismáticos e histórias inesquecíveis.



Reler esta série esta sendo uma das coisas mais agradáveis no no emento, quem não se apaixonaria por uma família dessa? Julia Quinn mais uma vez nos encanta com uma história arrebatadora dos Bridgertons.

O que dizer sobre O Visconde que me amava? Sabe, quando gostamos demais de um livro, que não sabe o que fazer quando abaca a leitura? foi exatamente isso que aconteceu comigo. A historia se inicia um ano depois dos acontecimentos de O Duque e Eu, agora Anthony Bridgerton é, ao que tudo indica, o solteiro mais cobiçado do ano. Sendo o irmão mais velho, com o pai já falecido, ele é o responsável por tudo e todos.

Anthony é um visconde; o solteiro mais cobiçado da temporada em Londres. Rico, incrivelmente lindo, alto, forte .... mas é libertino. Um conquistador barato que nunca pensou em se casar, mais decidiu sossegar o facho. A única coisa que ele não queria era se apaixonar, por isso procurou a moça mais bela e, em sua concepção mais fútil, pois assim seria possível controlar seu coração.

O Visconde que me amava é uns dos meus queridinhos da série ♥ um personagem digno de príncipe, claro que ele tem seus defeitos como todo mundo, porém é um personagem que te conquista.

Já Kate (A mocinha donzela dessa história) é desses personagens teimosos e com respostas para tudo e que combina perfeitamente com o mocinho. Já me identifiquei com ela já na primeira frase.

Num jogo entre "AMOR E ODIO" ,uma farpa e outra um pisão de pé e outro, e com a ajuda de uma abelha essa história é simplesmente, linda adorável. E que seja adaptada paras as telonas, o mais rápido, possível ficaria muito feliz com isso.  Nos deliciamos com um romance delicioso e engraçado. O melhor desse livro é saber que Anthony acaba indo parar no altar pelo mesmo motivo de o deixou tão enfurecido no primeiro Livro, quando seu melhor amigo é pego em digamos uma cena não muito apropriada para a época.

"- Ironia não lhe cai bem, Srta. Sheffield.
- Nada lhe cai bem, Lorde Bridgerton.
Anthony inclinou-se e projetou o queixo à frente da maneira mais ameaçadora que pôde.
- As mulheres não deveriam ter bichinhos de estimação se não conseguem controlá-los.
- E os homens não deveriam levar as mulheres com bichinhos de estimação para dar uma volta no parque se não podem controlar nenhum deles - retrucou ela.
Anthony sentiu as pontas das orelhas esquentando com a raiva mal controlada.
- A senhorita é uma ameaça à sociedade.". 

Sem duvida me apaixonei mais uma vez por esse casal, e mais uma vez fico pensando bem que a Julia Quinn poderia escrever mais um,dois, ou quem sabe três livros contando foi a vida deles né so para matar nossa curiosidade. Seria perfeitooooooooooooooo. 







     

You May Also Like

1 comentários

  1. Jesse!
    Essa é uma das séries que pretendo ler esse ano se tudo der certo.
    Adoro a autora e romances de época ambientados no século XIX.
    Obrigada pela visita feita ao blog e espero sua visita sempre que desejar!
    Desejo uma semana de realizações e muito amor!
    “Sábio é aquele que conhece os limites da própria ignorância.” (Sócrates)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de JANEIRO dos nacionais, livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir

Você pode me encontrar em vários lugares: Instagram | Facebook | Skoob | Pinterest | Youtube